quinta-feira, 29 de outubro de 2009


Estou passando a segunda parte do Livro para o computador.Saibam vocês,que quando o escrevi,chorei muitas e muitas vezes em alguns trechos..revivi muitas emoções,e não foi fácil.
Mas também teve seu lado bom;o Livro,enquanto ia tomando forma,me conscientizava do tamanho da vitória,e a bênção preciosa que Deus havia me dado.Trouxe de volta a gratidão e a alegria dos primeiros dias de namoro.O Alex me estranhou,pois foi nessa época que me mostrei infinitamente mais carinhosa e disposta a namorar muuuito,beijá-lo muito,abraça-lo muito...curtir muito minha bênção.
Saibam vocês ,que não passa um dia se quer,sem que ele diga que me ama,ele me chama de amor,de minha princesa,elogia tudo o que eu faço,tudo o que eu visto,diz que sou linda,faz tudo o que peço,é calmo,é digno,é temente a Deus,é bom pai,e é lindo-na minha opinião.Hoje,somos um só e se quer me imagino,por um segundo que seja,sem ele.
Ele sempre me apoiou na publicação desse livro,mas também sentiu sempre muito ciúmes das coisas que conto..normal.Pra consolá-lo eu digo que o fim de tudo,é ele,ele foi o eleito,o escolhido primeiro por Deus e depois por mim,para vivermos uma verdadeira história de amor.
Pra quem esta acompanhando,respirem fundo,pois agora é que tudo começa a ficar mais sério e tenso...eu estou tensa.
Chego a conclusão,que talvez o grande clamor da minha vida,seja este: o de dizer pra nossa juventude que é possível escolher esperar em Deus,e que se o pecado atravessar o caminho,por mais engenhosas que sejam suas redes,é possível escapar...o meu clamor é por santidade.
Aqui em Itajobi tenho visto de tudo.Meninas de 12,14,16 anos decidindo pelo lesbianismo,e as famílias aceitando.Com os rapazes,a mesma coisa.Também acontece muitos adultérios que a gente fica sabendo por aqui,cidade pequena ,a gente ouve de tudo..
Na televisão,especialmente na Globo,sutilmente começou a apregoar um novo conceito de sexualismo:dormir com meninos e meninas-ou seja-ser bixessual.
Estão observando as novelas:ADULTÉRIO E DIVÓRCIO,todos os dias,em cada capítulo...
Clamo pela família,clamo pelo conceito de Deus de família:aquela onde pais e mães se amam,e dão estrutura aos filhos,onde a mentira não entra,onde o leito é sem mácula,onde há saúde espiritual e vida com Deus.É isso.

4 comentários:

simplesmentemonalisa disse...

Olá Alessandra!
Que linda declaração de amor para o seu marido!
Meu marido também tem ciúmes do meu passado. Acho normal, desde que seja saudável, sem neuroses. Mas, que bom que ele entende.
Beijos linda.
Ps. Estou amando o livro.

Lúcia disse...

Tadinhos dos nossos maridos, com o meu é a mesma coisa, ele é como o príncipe encantado que me resgatou da prisão na torre. Grças a Deus pelo amor e compreensão dos nossos amados!! Bjins

Paulinha disse...

Olá Alessandra!! Gostei muito do seu post. É tão bom ler algo assim, sobre como é bom esperar. Eu quero muito ler o seu livro. =D

Fica com Deus, querida!

Beijinhos.

Laura Pinheiro disse...

oi aleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee,
linda declaração, to devendo ler alguns caps do seu livro, parei no 8, mas eu to lendo tá, eu fiquei imaginando mesmo se seu marido não tava cm ciume em vc falar dos antigos amores seu, mas agora vc explicou.
quanto a globo ela é nojenta, eu quase não a vejo mais, só o jornal mesmo!
já te disse antes que morei em uma cidadezinha, eu tb vi muita coisa esquesita!

fique na paz!
big bjão!

SEM FRONTEIRAS

type