terça-feira, 20 de abril de 2010

Sorte e Azar


Apaixonada,totalmente apaixonada por cada gesto e palavra do meu pequeno(novidade,toda mãe é assim!).
Acontece que estou amando essa fase da vida dele,prestes a completar 6 anos,ele se mostra um menino muito inteligente,aprendendo a ler e escrever,muito amoroso também,mas isso graças a Deus ele já era antes.
Percebo que o relacionamento dele com o pai esta mais intenso.O pai tem passado mais tempo com ele,dá a primeira mamadeira,troca,escova dentes,penteia e leva de carro pra escola enquanto a madame dorme mais um pouco.
De tarde eles vem me buscar juntos e o Alex é quem mais pega no pé pra fazer a tarefa.
Gosto de ver isso,não tenho ciúmes,mãe é mãe,meu lugar é garantido,tanto no coração de um como no de outro,e de manhã ,antes de ir pra escola ele me abraça e beija o máximo que pode.
Hoje cedo ele disse:
-Mãe,sabe o que descobri sozinho?
-Não,o quê?
-Que eu tenho um dia de azar ,outro de sorte,ontem foi meu dia de azar,então espero que hoje seja meu dia de sorte!
-Não...você não tem azar,nem sorte,tem a bênção de Deus sobre sua vida.
É incrível como o ser humano é superticioso por natureza e como o inimigo faz de tudo para nos convencer desde criança que somos azarados,que tudo na nossa vida dá errado.Eu sei porque quando era criança também pensava isto.
Aí nos apegamos a estrela Dalva,horóscopo,amuletos...
Um dia eu ouvi uma canção da Alda Célia sobe Jabes,um homem que ao nascer ,recebeu da mãe este nome ,que significa ''dores''(tem muita mãe sem noção no mundo..)
Não sei quando foi que Jabes tomou consciência de que seu nome atraía maldição sobre sua vida,mas neste dia ele orou ao Senhor e disse:!Crônicas 4:10 Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.
A Bíblia diz que ele foi o mais ilustre entre os seus irmãos...sim,aquele que tinha tudo para ser ,o que o Gabriel Asafe chamaria de ''azarado''.
Eu fui por muito tempo,a ''azarada'' lá de casa,aquela que menos tinha,menos podia,entre as filhas de minha mãe,e a que menos era levada em conta.Mas quebrei a maldição com oração.Quando ouvi a canção da Alda Célia ao vivo,ela perguntava''você é sortudo,ou abençoado?''e mostrou na Palavra o versículo que diz que em Cristo Jesus somos a-ben-ço-a-dos Salmos 72:17 O Seu Nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados Nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado....que azar que nada!O cristão trás sobre si uma promessa e um selo de vitória e da bênção do Senhor...claro que o inimigo fará de tudo para que nunca descubramos isto.Mas eu descobri,e a glória do Senhor tem resplandecido sobre mim.
O Gabi também verá a diferença,ah verá...



3 comentários:

Fernanda Valente disse...

glória a Deus. Muitas vezes amaldiçoamos nossas vidas... posso conversar com vc por msn? Por favor, me adiciona. fernandasantiago@hotmail.com

um beijo. Deus te abençoe!

Eder Barbosa de Melo disse...

Paz Pastora, estou passando para fazer dois convites, o primeiro é pra conferir a "estréia" da seção "Amigos blogueiros" com a Dianne Nogueira do Blog "Essa Vida Real", o segundo é para você participar respondendo ao questionário que te enviarei por e-mail, fico aguardando a resposta e não deixe de dar uma olhada na postagem até pra ver como a coisa funciona. Abraço.

Cíntia Mara disse...

Quando eu era criança, tinha um pensamento ainda mais absurdo: de que a gente tinha uma quantidade limitada de vezes que podia fazer qualquer coisa. Por exemplo, atravessar a rua. Quando essa quantidade acabasse, eu seria atropelada. Coisas tão 'simples', mas que vêm do inimigo pra nos perturbar. Graças a Deus eu nunca fui atropelada!

Beijos

SEM FRONTEIRAS

type