quarta-feira, 14 de julho de 2010

Que me resta?


Se eu não adorar este Deus, que me resta?
Um corpo morrendo
olhos que não vêem
ouvidos que não ouvem..
Se eu não adorar este Deus,que me resta?
Acordar todo dia
sonolenta e vazia
cansada e oprimida pelas coisas da vida
Se eu não adorar este Deus,que me resta?
Um amor egoísta,falível e hipócrita
uma mente doente e maligna..
Se eu não adorar este Deus
respirar é inútil
andaria sem destino
falaria por falar,
choraria por chorar
sorriria por sorrir
e a dor continuaria para sempre aqui
Escrava eu seria das vaidades sombrias dos homens
e por mais que eu corresse atras deste vento de enganos
jamais o alcansaria..
Ah Deus,
mas meu coração já sangra
só de pensar em tal coisa
só em imaginar-me distante
num corpo morto,mesmo vivo
vivendo outra vida que não seja a tua no lugar da minha
Te decepcionar me desespera
Te entristecer,me aniquila
ser infiel,eu não posso
e se eu for
correndo volto
porque eu nascí pra adorar-te
e não farei de outro jeito
estas gravado em meu peito
escreveste com teu sangue
''És minha''.
(poesias e reflexões de *Alessandra Barcelos)

3 comentários:

Zé Luís disse...

Olá.

Retribuindo a visita. Bom saber que está de volta, e bem.

Quanto a usar o conteúdo do Cristão Confuso a vontade, já que possivelmente, seus textos aparecerão lá qualquer hora dessas (não esqueço de linkar a autoria, tá)rrsrsrs...

Abraços

Michelle Nazar disse...

Alessandra..que texto lindo, inspirador..e cheio de fé, uam fé viva e linda! Parabéns!!! Beijinhos

disse...

Lindo poema Alessandra, eu adoro poesias, meu marido também é um poeta, esta no Recanto das letras, se quiser conferir suas poesias e só clicar em Djalma CMF no google. Paz querida e seja bem vinda ao meu blog.

SEM FRONTEIRAS

type