domingo, 30 de agosto de 2009

Discutindo a relação


Esta manhã,apenas adorei...fomos para o templo,e lá ficamos,minha família e eu em intimidade com o Senhor.
Gosto de orar um pouco e um pouco adorar com louvores...adoração é algo que o cristão nunca pode deixar de fazer,oferecendo canções entoadas com sinceridade e palavras de amor ao Senhor.Seria como um casamento,onde,sufocado pelas preocupações como contas pra pagar,educação dos filhos,trabalho,cansaço físico,não se dissesse mais ao outro''eu te amo'',''te desejo'',você é essencial para mim'',''gosto de estar com você''.
Por falar nisso,posso glorificar(sem deixar de vigiar para que permaneça assim),o clima lá em casa esta ótimo,união intensa.É o Gabriel dizendo ''eu te amo mãe'',''eu te amo pai''(coisa que não era bem assim,ele chamava o pai de burro,tonto,aquelas coisas.O pai,por sua vez sempre impaciente,e eu no meio...)Eu mesma estou diferente,menos durona com eles,beijando e abraçando muito os dois,dizendo muitos eu te amo ,embasbacada,porque quando olho pra eles,vejo que são a coisa mais linda que o Senhor me deu,e mesmo quando em outras áreas as coisas se complicam,nossa união faz ficar leve os problemas.
Do Alex para comigo,sempre o mesmo;amoroso,gentil,confiante e admirador do que faço.Não dá pra não retribuir um homem assim.
Antes que você comece a achar que este post esta meloso demais,quero dizer,que vida em família e vida com Deus,são plantações onde plantamos o que queremos colher.Eu colho amor porque já aprendi que sem amor não posso viver.Nem o de Deus,nem o de minha família,então,dou do que preciso receber.
Há quem diga que mulher é cheia de discutir a relação,e somos mesmo,porque assim como percebemos quando nossa casa esta suja em cantos que ninguém mais esta enxergando a sujeira,percebemos quando o casamento ou a educação do filho precisa de um ajuste.É bom ''limpar'' o problema,antes que ele cresça.Com Deus é a mesma coisa.Bendito o crente que ''discute a relação'' com Deus antes de se tornar um estranho pra Ele e vicie versa.
Não importa quantos anos de conversão,de casamento,a idade que já tem seu filho.De amor a partir de agora,volte a adorar,a nossa relação com o Senhor principalmente começa assim:não há cargos,nem ministérios,nem nada,só um Deus e uma alma sedenta em adorá-lo.Por que deixar que as burocracias religiosas estraguem isso?

3 comentários:

Andre Moloni disse...

Amada irmã Alessandra, obrigado pelo apoio que sempre me deu. Em primeiro lugar gostaria de me desculpar pela demora em lhe responder e em segundo gostaria de explicar o motivo de minha ausencia no blog. Estou trabalhando fora de minha cidade e como tbm estou cursando o ensino superior estou realmente sem tempo para escrever minhas postagens. Acabo minha faculdade no fim deste ano, mas gostaria de nao esperar ate la para voltar a escrever, estou orando para que DEUS venha me abencoar e permitir que tenha algum tempo para zelar de meu blog. Irma mais uma vez obrigado pelo apoio e que DEUS em sua infinita bondade venha lhe abencoar grandemente. Até breve.

Luiz Clédio Monteiro disse...

O impacto deste testemunho é claro e evidente, que, quando nos posicionamos com sinceridade em faz nossa parte e colocamos com fé nosso propósito diante do Senhor em nome de Jesus, somos levados a vitória não só sobre o que havíamos suplicado mas, também nos prevenimos sobre outras cirandagens demoníacas, nos tranqüilizando (II Cr. 20:29-30).

Muitas benção pra v ir. Aless.
estou seguindo o seu blog.
visite o nosso.
fique na paz.

Laura Pinheiro disse...

LEGAL ALE, QUE SUA FAMILIA CINTINUE ASSIM, TRANSBORDANDO EM AMOR, E QUE SEUS FILHOS SEJA FILHOS ABENÇOADOS, E TODOS VCS JUNTOS POSSA SEMPRE FAZER JESUS SORRIR, QUE DEUS CONTINUE DERRAMANDO O MELHOR DO CÉU SOBRE VCS!

UM FORTE ABRAÇO!

SEM FRONTEIRAS

type