sábado, 10 de outubro de 2009

Dias sombrios 2

***continuação do outro post,se ainda não leu,sugiro que leia antes deste.
Pensa bem:eu,e um profeta,meio amalucado,do nada hospedados na mesma casa por uma família que resolveu obedecer aquele versículo que diz''sejam hospitaleiros,pois alguns,sem saber ,hospedaram anjos''.O Edimilson,e o Wellington-filho da Ângela tornaram -se meus grandes companheiros de oração e leitura da Palavra naquela casa,um reforço e tanto.Aos poucos tantas orações onde eu me humilhava totalmente diante daquele Deus a quem eu amava,o único que podia me tirar de todo aquele buraco onde eu estava metida,mas contra quem eu havia pecado,me entregando de corpo e alma a um ímpio,mesmo consciente de todas as promessas que haviam sobre mim,ferindo um testemunho que deveria ser grandioso,essas orações ,foram aplacando a ira desse Deus,me limpando,me ensinando a temer como nunca e andar em obediência,como naquele versículo do Salmo 119 que diz''antes de ser afligido,eu andava errado,mas agora guardo a Tua Palavra.''
Finalmente um dia Deus usou o Profeta Edimilson pra dizer:''dentro de uma semana sua mãe vai ligar dizendo que você pode voltar para casa;eu vejo um molho de chaves coloridas e reluzentes,são as chaves da sua vida.Lá você vai se casar,ter filhos,há uma chave para sua vida profissional,outra para a área ministerial,e você só sairá de lá outra vez o dia que Deus mandar;mas Deus ainda diz:ai de você se voltar a pecar!''
Dito e feito,uma semana depois minha mãe ligou dizendo que iria depositar o dinheiro das passagens,que meu padrasto ''deixou''ela me trazer de volta.
Cheguei em Itajobi,e tudo havia continuado perfeitamente sem mim,enquanto eu era ''tratada'' por Deus no Paraná.
2dias depois,de tonta que era,fui procurar aquele rapaz,que ao me ver,não fez festa alguma,apenas num sarcástico tom me perguntou''E aí,namorou muito lá?".
Aquelas palavras me atingiram como uma facada.Como ele me julgava descartável e fútil,mal sabia ele preço que paguei perante meu Deus por alguns minutos de prazer fácil que dei a ele iludida,achando que cedo ou arde seria correspondida.
Aí,chorando de raiva no caminho de volta do bar dele(ele tinha um bar)fiz um voto com Deus:''Se eu consegui sobreviver 3 meses longe dele lá em Maringá,também sobreviverei aqui,durante 3 meses,mesmo que ele me implore,não ficarei com ele!''(continua no próximo post)

Um comentário:

http://www.priemforma.com disse...

Oi vim visitar e desejar um bom feriado!!!

Tá rolando uma promoção bem legal no meu blog, te convido a participar:

http://priemforma.com/index.php/promocao-solar-repair-verao-inesquecivel-mix-use/

Te espero lá!

Pri em Forma
http://priemforma.com
http://twitter.com/priemforma

SEM FRONTEIRAS

type