sábado, 15 de maio de 2010

Idéias confusas


Nos dias de idéias confusas
jamais me deixe abrir caixas antigas
não me deixe remexer na poeira
não me deixe sentir os cheiros.
Nos dias de idéias confusas,
mantem-me sóbria,com os pés no chão,o coração em Ti
minha vida em tuas mãos...
não me deixe ouvir antigas músicas,
não me deixe ouvir as mesmas vozes
torna-me surda ao meu próprio coração
Vou ficar quietinha,escondida
esperando o nevoeiro se dissipar
vou fazer silencio por dentro,até minha alma se aquietar
Nos dias de idéias confusas,me sacuda,me mostra,me trás de volta
nos dias de idéias confusas,desembaralha-me,
faz-me outra vez me encontrar.
(poesias e reflexões de *Alessandra Barcelos)

3 comentários:

Fernanda Valente disse...

No dia de ideias confusas... só Deus para nos guardar!

Jaki Candido disse...

liiindo *-*
Deus abençoee mais e mais vc!

Karine Cabral disse...

confusa é o meu atual estado de espírito

SEM FRONTEIRAS

type