sábado, 8 de janeiro de 2011

My Dreams


E quem disse que sonhar não cansa?
minha alma prende suspiros de esperança...
pois fechei meus olhos e embalei em sonhos,
tal  qual criança segurando uma porção de balões coloridos,
fui levantada do chão subindo e subindo..
Espremi as pálpebras dos  olhos,
esfreguei com as mãos,
mas a visão não desaparecia,
eu ainda via
e ainda subia.
Senti medo de acordar
medo por estar sonhando.
Longe estou,
alto estou.
Jesus,segura minha mão!
O que é isso que inquieta minha alma?
Será que sou mesmo menina  ingênua imaginando?
Será que é alucinação o que estou contemplando?
Ou será que me aconselhas
com tua própria inspiração?


(poesias e reflexões de *Alessandra Barcelos)
****pela grandeza dos meus sonhos,pela pequenez do meu tamanho.
respaldada em:
''Vem comigo minha esposa,noiva minha,vem comigo do Líbano.
 Vem olhar do topo do monte:
 Olha deste o topo do monte de Amana,do topo do monte Senir,e de Hermon;
lá onde moram apenas leões e leopardos.''Cantares de Salomão 4:8

2 comentários:

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Muito bonita a poesia/

Volto com mais tempo para ler as outras.

Deus te abençoe.

Pra Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Gisele Vargas disse...

Oi Alessandra,
passei pra conhecer teu blog e me cativou...que bênção teu livro hein,li alguns capítulos navegando por aí,li tua entrevista no outro blog e descobri que pertencemos a mesma igreja- evangelho quadrangular.
Beijo no coração!

SEM FRONTEIRAS

type