segunda-feira, 21 de março de 2011

Dentro de mim



Um dia cinza
o vento que bate gelado
a chuva fina caindo lá fóra
e dentro de mim as angustias...
dentro de mim uma luta
cavaleiros armados com armas de guerra
cada um deseja ampliar o seu reinado
disputam com quedas de braço,
com brados..
Que vença o Bem
Que vença a Paz
Que vença o Amor
Que vença a Fidelidade
a Sanidade
a Justiça,a Constancia...
O dia sem Sol
e dentro de mim
 uma guerra.
(poesias e reflexões de *Alessandra Barcelos)

  •   

3 comentários:

Gisele Vargas disse...

Oi Ale!
Mais uma linda poesia!!!
Uma luta vivida por nós em muitas ocasiões...
Beijos querida!

Fernanda Valente disse...

e esse livro de poesias heim Alê??? amei essa... sempre nos sentimos assim...
bj

Ruthinha disse...

Ah como gostei! ..rs
assim é dentro de mim.

beijinhos de lev♥

SEM FRONTEIRAS

type