quinta-feira, 22 de julho de 2010

Ao cair da noite


Ao cair a noite sobre mim
Fecho os meus olhos para descansar
ás vezes sou visitada por lindos sonhos
ás vezes alguns pesadelos vem me atormentar
quem adquire o dom das visões
muitas coisas lindas há de contemplar
verá o céu,verá anjos,voará nas asas do Espírito durante a noite
mas alguns demônios também enxergará
são sentimentos misturados que me invadem
não dá pra estar feliz o tempo inteiro
sinto angustias em meio as festas
amarguras em meio ao contentamento
Deus que me sonda,fortalece-me
sabes que sem Ti nada posso fazer
tira-me das prisões
dos pesadelos
eu não quero mais ver os demonios
abre meus olhos
para ver as carruagens de fogo e os anjos
prova-me que muito mais são os que estão comigo,
do que os que estão com eles..
na obediência e na fé prossigo
mata a dentro
na floresta dos meus medos
que não me dominem
que não me vençam
que não se cumpram nenhum dos meus receios,
porque mais são aqueles que estão comigo
do que aqueles que estão com eles.

(poesias e reflexões de *Alessandra Barcelos)

Um comentário:

disse...

linda poesia querida, adorei. Meu marido também tem um blog de poesias se quiser dar uma conferida, e no Recanto das letras também, é só procurar Djalma CMF no google. Amei. Paz!

SEM FRONTEIRAS

type